05
Jul 07
Salams,
Neste vídeo podemos ouvir da voz de uma fantástica pessoa, conhecida internacionalmente no mundo islâmico recitando um dos mais famosos nats no Islão. Cassida Burda Sharif:

Discuta este tópico aqui:
http://merajnet.16.forumer.com/viewtopic.php?t=1184&start=0&postdays=0&postorder=asc&highlight=

04
Jul 07
clica na imagem para veres no tamanho real!
Aqui está uma listagem dos profetas e da sua descendência, só estão alguns dos 120.000 que existem, mas mesmo assim continua a ser interessante!
discuta este tópico aqui:
http://merajnet.16.forumer.com/viewtopic.php?t=1181&start=0&postdays=0&postorder=asc&highlight=

03
Jul 07
Apresentaremos a partir de hoje um dossier com pequenos contos Árabes....
Que dizem?
Conto Nº1

Três viajantes encontraram, certa vez, um tesouro.

Depois, sentiram fome, e um dos três foi comprar-lhes comida. No caminho, pensou: "por que não colocar veneno na comida ? Comerão e morrerão, e ficarei com todo o tesouro".

Entretanto, os  seus companheiros decidiram também matá-lo e dividir entre si sua parte.

Quando voltou, assassinaram-no, e comeram a comida envenenada e morreram.

Al-Ghazzali

discuta o tópico aqui:
http://merajnet.16.forumer.com/viewtopic.php?t=1179

02
Jul 07
Salams,
Este vídeo, basicamente em áudio, é um discuros bastante interessante em inglês com uma mesagem a todos os muçulmanos e não muçulmanos acerca do tema "Quem é Deus?". Ele dá exemplos bastante interessantes e fantasticamente coloca-nos a pensar após os seus 20 minutos de discurso. Por isso, oiçam até ao fim!
Discuta este tópico em:
http://merajnet.16.forumer.com/viewtopic.php?t=1171

27
Jun 07
125.   Sabei que sou, para vós, um fidedigno mensageiro.    
126.   Temei, pois, a Deus, e obedecei-me!         
  127.   Não vos exijo, por isso, recompensa alguma, porque a minha recompensa virá do Senhor do Universo.        
  128.   Erguestes um marco em cada colina para que vos divertísseis?         
  129.   E construístes inexpugnáveis fortalezas como que para eternizar-vos?        
  130.   E quando vos esforçais, o fazeis despoticamente?         
  131.   Temei, pois, a Deus, e obedecei-me!         
  132.   E temei a Quem vos cumulou com tudo o que sabeis.         
  133.   E que vos cumulou de gado e filhos,         
  134.   De jardins e manaciais.         
  135.   Em verdade, temo por vós o castigo do dia aziago.
Alcorão-26 - OS POETAS

25
Jun 07

bismillah.jpg
Iman Mufassal


“Amantu billahi wa mala’ikatihi, wa kutubihi, wa rusulihi, wal yawmil akhiri, wal qadri khairihi wa sharrihi minAllahi ta’ala, wal ba’thi ba’dal mawt.”
[”I believe in Allah, His angels, His books, His messenger, in the day of judgment, and that good and evil is ordained by Allah the Exalted, and the life after death.”]


"Eu acredito em Deus, nos seus anjos, nos seus livros, no seu mensageiro, no dia do julgamento final, e que o bem e o mal é ordenado por Allah, e a vida depois da morte"

fonte: at-Tazkirah

19
Jun 07
Responsáveis islâmicos saudaram hoje em Córdoba (Espanha) a escolha do ex-Presidente português Jorge Sampaio para liderar a Aliança das Civilizações, iniciativa que consideram importante para procurar a paz e consolidar o diálogo entre culturas.





A Aliança das Civilizações é o tema central do seminário «Aliança de Civilizações, Aliança pela Paz», organizado pela World Islamic People Leadership (WIPL), considerada a maior organização muçulmana mundial.

Yusuf Fernandez, porta-voz da WIPL, disse à Agência Lusa que o seminário quer desenhar um conjunto de propostas que possam posteriormente ser levadas a Jorge Sampaio e à Aliança das Civilizações para consolidar a iniciativa.

Para o responsável da WIPL, a escolha de Jorge Sampaio é «muito positiva» , tanto pela personalidade do ex-Presidente, como pelo papel que Portugal tem tido no diálogo entre culturas e civilizações.

«É uma pessoa que se comprometeu desde há muito na defesa do diálogo de culturas e civilizações. E Portugal sempre gozou da amizade do mundo islâmico», afirmou.

Relativamente ao projecto da Aliança das Civilizações em si, Fernandez sustenta que o diálogo, elemento central da iniciativa, é a «única via para garantir que o mundo se desenvolva em paz».

No início do encontro, o secretário-geral da WIPL, Mohammed Ahmed Sheri, defendeu que a Aliança das Civilizações deve apostar em avançar com «medidas concretas», garantindo que «as boas intenções chegam ao seu objectivo».

«Temos que passar à prática e deixar de lado a teoria. Por isso é fundamental difundir esta ideia entre a sociedade civil para que a sociedade tome esta visão como sua», sublinhou.

Para Sherif, a iniciativa liderada agora por Jorge Sampaio é «uma aliança contra o fascismo e o desconhecimento entre as diferentes culturas do mundo».

«O contacto entre as pessoas e a educação são fundamentais para garantir a aplicação no terreno destas medidas. Mais tarde ou mais cedo, temos todos que viver juntos em todos os aspectos, culturais e religiosos, políticos e sociais», sublinhou.

Considerada a organização internacional muçulmana mais importante do mundo, a WIPL agrupa mais de 400 organizações islâmicas, partidos políticos e organizações não-governamentais, representando milhões de muçulmanos em todo o mundo.

Espanha foi escolhida para acolher o encontro, segundo os organizadores, por ter promovido a Aliança das Civilizações, uma iniciativa que conta com o apoio da Turquia e que foi apadrinhada pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que nomeou Jorge Sampaio para a liderar.

Yusuf Fernandez sustentou que a WIPL aposta na «defesa da paz, no diálogo das civilizações e na luta contra qualquer radicalismo», promovendo a ideia de que «os muçulmanos devem estar na vanguarda da luta pelo diálogo e pela paz (...), valores contemplados pelo próprio Islão».

Admitiu que passar esta mensagem mais moderada nos países muçulmanos tem sido «difícil», em particular porque os orçamentos limitados e a escassez de meios impedem mais acções, daí que apostem agora «em cooperações com outras entidades».

No que toca ao mundo ocidental, Fernandez insistiu na necessidade de combater o «clima de islamofobia» que existe em alguns países e que considerou «o anti-semitismo do século 21».

«Há que recordar que as mensagens de xenofobia e ódio que os judeus sofreram nos anos 30 culminaram depois com o holocausto. Não queremos ver isso a repetir-se, tendo agora como alvo os muçulmanos», afirmou.

Apesar da exclusão e discriminação, Fernandez admitiu que uma outra corrente tem ajudado a promover «uma consciência de luta contra a islamofobia e pelos direitos dos muçulmanos».

No encontro de Córdoba estão os principais responsáveis do comité executivo da WIPL, entre eles Sheij Ibrahim Saleh Al-Husayni (Nigéria), como representante de África, Amad Sahwqui Al-Hefni (Egipto), em representação do mundo árabe, Haroun Salamat (Canadá), pela América do Norte e Din Syamsuddin (Indonésia), pela Ásia.

Dividido em quatro sessões, o encontro contará com a participação de vários responsáveis do governo espanhol, analisando questões como o diálogo inter-religioso, a convivência e medidas de cooperação para fortalecer o diálogo entre civilizações.

Além de responsáveis islâmicos, participam no encontro o teólogo católico Juan José Tamayo e o mestre budista Dokusho Villalba.

Recorde-se que a WIPL é actualmente presidida pelo Presidente líbio, Muammar Kadhafi, tendo a sede em Tripoli.

A organização tem ajudado a potenciar nos últimos anos a corrente sufi, considerada a mais moderada dentro do islamismo, acolhendo organizações de diversas tendências e promovendo a prática de um Islão «moderado, de diálogo e cooperação com as outras confissões e a contextualização da mensagem do Alcorão aos tempos actuais».

Entre as medidas que promove, a organização defende que mulheres e jovens devem assumir cargos de responsabilidade dentro do Islão, tendo repetidamente condenado a violência do fanatismo islâmico.

Diário Digital / Lusa

19-06-2007 11:47:00


137: Já houve exemplos, antes de vós; percorrei, pois, a terra e observai qual foi a sorte dos desmentidores.

138: Este (Alcorão) é uma declaração aos humanos, orientação e exortação para os tementes.

139Não desanimeis, nem vos aflijais, porque sempre saireis vitoriosos, se fordes fiéis.

140:Quando receberdes algum ferimento, sabei que os outros já sofreram ferimento semelhante. E tais dias ( de infortúnio) são alternados, entre os humanos, para que Deus Se assegure dos fiéis e escolha, dentre vós, os mártires; sabei que Deus não aprecia os iníquos.

Alcorão (3)

22
Mar 07
Um vídeo no  mínimo com algum humor:



Muhammad Yunus, Prémio Nobel da Paz 2006, estará esta quinta-feira na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, onde dará uma conferência sobre o microcrédito, como um contributo para a paz.

Uma intervenção para mostrar como é que conseguiu criar no Bangladesh em 1976 o Banco Gramen, mais conhecido como o “Banco dos Pobres”, a forma que encontrou para emprestar dinheiro a famílias pobres que, de outro modo, jamais conseguiram recompor as suas vidas.

Esta é uma experiência com sucesso também em Portugal.

A Renascença mostra-lhe o caso de Luísa Rodrigues que nasceu para a costura, mas a vida negou-lhe a realização desse sonho, um sonho que acabou por ver concretizado através do microcrédito.

Os microempresários estão a crescer em Portugal mas os números estão ainda muito aquém das necessidades. A revelação é feita pelo presidente da Associação Nacional de Direito ao Crédito.

Mulheres, desempregados, emigrantes e até universitários que não conseguem arranjar o primeiro emprego são alguns dos novos microempresários.

Segundo o presidente do ANDC, Manuel Brandão Alves, 20% da população portuguesa está em situação de exclusão. Cerca de um quarto destes podem ser ajudados através do microcrédito, o que representa cerca de 15 mil projectos por ano, mas, neste momento, estão a ser aprovados menos de duas centenas anualmente.

Desde que foi criada, em 1999, a associação ainda só conseguiu aprovar cerca de 650 microcréditos, números avançados por Manuel Brandão Alves.

Radio Renascença


Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Free chat widget @ ShoutMix
pesquisar
 
blogs SAPO