04
Jun 08

Salams. São inúmeros os e-mails que recebo de pessoas, muçulmanas ou não, portuguesas ou brasileiras, até mesmo de muitos outros países do mundo, como a Indonésia, os Estados Unidos, México, Rússia, que nos escrevem a pedir informações sobre empregos no Dubai e ferramentas de pesquisa, etc. Muitas delas pedem isso pois não percebem o que está escrito em portguês, logo, acabo por reencaminhá-las para o MuslimLive.

 

Serve então, este post, para ajudar àquelas pessoas que procuram a MELHOR ferramenta para encontrar emprego na internet. O nosso irmão Abdullah , desenvolveu uma ferramenta de pesquisa de empregos, que conta já com mais de 20.993.556 empregos em toda a Arábia Saudita, e, maioritariamente no Dubai. É uma ferramenta de pesquisa em mais de 59.412 websites de emprego por toda a internet. É simplesmente fantástico.

 

Experimentem a ferramenta CarrerJet.

 

Eu tentei pesquisar por "economist", com localização em "Dubai", e retornou os resultados mais actualizados como analista, empregos relacionados com o mercado cambial, com o mercado financeiro em geral, entre outros. Podem ver directamente os resultados aqui.

 

Existe uma ferramenta, para adicionarmos uma caixa com os empregos mais actuais no nosso site, fazendo um link para a CarrerJet.

 

Espero que assim consigam de uma melhor forma encontrar aquilo que tanto sempre procuraram, o "Dubai Dream".

 

Salams

 

 

 

publicado por mymuslim às 17:59

21
Mai 08

Salams.

 

Hoje de manhã, tive uma aula normal de uma disciplina, em que faláva-mos de um livro e onde num dado momento aparece uma referência a São João Baptista (não quero entrar em erro, não sei se é esse o nome em questão) indirectamente, isto pois haviam alguns aspectos da cultura cristã que foram referenciados no livro, mas o nome da Pessoa foi posteriormente posto em questão por parte da professora. Partiu do princípio que todos eramos cristãos e resolvem coloca-la.

 

Ninguém respondeu, 30 alunos eram cristãos, 1 era ateu e eu que era o muçulmano. Logo, começou com um discurso em que concluía que éramos uns incultos, mal educados, etc. já que afirmava que a cultura cristã deveria ser transmitida de geração em geração.

 

Eu não tenho nada contra, mas reparei que a própria professora acabou por tentar dizer que quem não sabe nada sobre Cristianismo não está integrado na cultura portuguesa, olhando para mim intensamente . O f é, eu sei o que é o cristianismo, o catolicismo, eu sei o que são as bases daquela religião, sei o essencial, e sei tudo o que não me faz mudar de religião, e que não me faz mudar para essa religião. Mas para estar integrad tenho que saber  que foi São João Baptista?

 

Mas é claro que não. Eu sinto-me muito bem integrado na sociedade portuguesa, sinto-me como se Portugal fosse o meu país, e é! Mas terei que saber esse tipo de pormenores que nem os próprios cristãos, católicos o sabem? Será que eu é que sou um dos culpados por eles não saberem? Fui eu que os desvirtuei e lhes disse que se deve ser cristão unicamente pelo nome?

 

Não me parece...

 

Salams


03
Jul 07
Apresentaremos a partir de hoje um dossier com pequenos contos Árabes....
Que dizem?
Conto Nº1

Três viajantes encontraram, certa vez, um tesouro.

Depois, sentiram fome, e um dos três foi comprar-lhes comida. No caminho, pensou: "por que não colocar veneno na comida ? Comerão e morrerão, e ficarei com todo o tesouro".

Entretanto, os  seus companheiros decidiram também matá-lo e dividir entre si sua parte.

Quando voltou, assassinaram-no, e comeram a comida envenenada e morreram.

Al-Ghazzali

discuta o tópico aqui:
http://merajnet.16.forumer.com/viewtopic.php?t=1179

Os presidentes do Irão e da Venezuela lançaram ontem a primeira pedra para a construção de uma empresa mista para produzir metanol no Irão. O projecto, que vai custar 700 milhões de dólares (cerca de 540 milhões de euros) e que estará concluído dentro de quatro anos, produzirá 1,65 milhões de toneladas de álcool metílico em Assaluyeh, sul do país.

Adoptando um discurso próximo daquele que é habitualmente proferido por Hugo Chávez, Mahmud Ahmadinejad saudou a iniciativa como "gloriosa" e terminou a sua intervenção com uma frase que o líder venezuelano poderia ter dito: "Viva as duas nações e todas as nações revolucionárias! Morte ao inimigo!".

Já Hugo Chávez adoptou a atitude do líder iraniano, pontuando várias vezes o seu discurso com uma expressão típica do Islão: Incha Allah (Se Deus quiser!").

Numa conferência de imprensa conjunta efectuada em Assaluyeh, junto ao Golfo Pérsico, os dois dirigentes aludiram a um projecto conjunto que deverá ser lançado na Venezuela, e prometeram desenvolver as relações comerciais bilaterais.

Hugo Cháves, que no domingo tinha sido recebido pelo Guia da Revolução, Ayatollah Ali Khamenei, aludiu ainda ao reforço dos laços que unem Teerão e Caracas, considerando que esta aliança contribuía para a derrota do imperialismo
Siscuta este tópico em:
http://merajnet.16.forumer.com/viewtopic.php?t=121

24
Jun 07
Salams,

Trago-vos hoje um ficheiro PDF, que foi produzido para o Darul-ul-Uloom de Odivelas, e que contém algumas perguntas interessantes.



Download Aqui

21
Jun 07
Reacção dura à decisão do Reino Unido em homenagear o escritor
 

«Se algum homem-bomba se fizer explodir, ele teria toda a razão para o fazer a não ser que o governo britânico peça desculpa e retire o título de «cavaleiro» a Simon Rushdie, referiu esta segunda-feira o ministro dos Assuntos Religiosos do Irão, Mohammed Ijaz ul Haq citado pela Sky News.

«Este é o momento para 1.5 biliões de muçulmanos de todo o mundo se aperceberem da gravidade desta decisão», acrescentou salientando ainda que o «Ocidente está a acusar os muçulmanos de extremismo e terrorismo».

O Irão acusou o Reino Unido de insultar o Islão ao ordenar cavaleiro o escritor Salman Rushdie, autor da polémica obra «Versículos Satânicos», que lhe custou uma fatwa, lançada pelo Ayatollah Khomeini.

Segundo Mohammad Ali Hosseini, porta-voz do ministro dos negócios estrangeiros, a decisão de honrar o novelista é um atentado à sociedade islâmica, uma vez que Rushdie é «uma das figuras mais odiadas».

«Honrar e entregar uma comenda a essa figura odiosa coloca definitivamente os oficiais britânicos em confrontação com as sociedades islâmicas», disse, indo ainda mais longe nas acusações: «Este acto demonstra que o insulto aos valores sagrados do Islão não é acidental. É planeado, organizado, guiado e apoiado por alguns países ocidentais».

 

Portugal Diário


17
Jun 07
Salams,

Este é o site ideal para quem deseja vestir trajes islâmicos, comprar incenso, comprar aparelhos para a reprodução do Azan, comprar livros, brinquedos e até jóias. E tudo isto sem sair de casa, tudo via online. Eu já mandei vir umas coisas e chegaram uma semana depois.

Bem, sinceramente não me pagam nada para fazer esta publicidade, mas que é uma loja interessante, ah isso é!.




http://www.muslimbase.com/

01
Jun 07
Salams,

Eu posso talvez fazer alguma inveja, é que eu já provei e muitos de vós ainda não!!!!lol
Mas deixe-me que vos avise, este chocolate é tão bom como um mars... É uma mistura de Mars e Dove Caramel. Devem-se perguntar porque estou eu a falar de chocolates num blog sobre o islão, pois... é que este chocolate chama-se UMMAH CHOCOLATE. Só por isso....


06
Mai 07
    Dubai é a nova Business city, está cada vez mais desenvolvida e cada vez mais empresas com um renome bastante conhecido internacionalmente procuram nvestir no país, procuram introduzir capitais e fundos, procuram alojar de alguma forma as suas companhias e empresas. E isto torna-se num constante "puxa-puxa", acho que é a palavra mais indicada. Isto por uma simples razão, pelo facto de quando uma empresa se fixa nessa cidade, ela vai puxar mais uma, mais duas, três, quatro, etc. E por aí em diante, até o mercado saturar. Mas vejamos que o Dubai é verdadeiramente um mercado em expansão, um mercado em explosão, e quando essa explosão acabar haverá ainda espaço para desenvolvimento, tal como Tóquio. O Dubai é um paraiso na terra, é um jardim do Éden. Há que aproveitar esta oportunidade, há que aproveitar esta alavanca e procurar introduzirmo-nos nessa capital dos Negócios, nesse mundo de encontros, nesse lugar onde quase tudo é possível.
    Bem, nós que vivemos em Portugal talvez não tenhamos essas grandes empresas, esses grandes capitais, mas temos uma coisa, quero dizer, vamos tendo essa grande coisinha, qualificação profissional. E que tal, vós jovens, se aproveitassem esses benefícios e fossem trabalhar nessas empresas do Dubai, quase de certeza que obteriam emprego e talvez algum luxo, ou não???
    Vale sempre a pena tentar investir na nossa carreira profissional.
    Pensem comigo. Imaginem que pensam tirar férias, não sabem onde ir, mas adoravam ir ao Dubai, agora que os Bilhetes estão baratos. Por outro lado estão cansados do vosso emprego, querem voar mais alto sem o perigo de cair. Que tal juntar o útil ao agradável, que tal enviarem uns curriculos Vitae por correio e depois quando estiverem de férias irem às entrevistas de emprego. Têm milões de vezes mais probabilidades de ganharem um bom emprego lá do que ganharem o euro Milhões, considerado por muitos Haram. Pensem bem, e dêem uma olhada na net sobre propostas de emprego no Dubai. Pesquisem no Google, vá, dou-vos aqui um site interessante.
   

Jobs in Dubai

Boa Viagem!!!!!!!

A continuação de um bom resto de Fim de Semana.
Islamnet

22
Mar 07
Um vídeo no  mínimo com algum humor:



Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds

Free chat widget @ ShoutMix
pesquisar
 
blogs SAPO