09
Set 07
Salams, já que estamos numa de "Youtube" decidi deixar aqui aquela música de Zain Bikha a dar as Boas Vindas ao Ramadan. Recordar é viver....Salams

 

Salams,

A Equipa IslamNET deseja a todos os muçulmanos do mundo um Ramadan próspero.


RAMADAN MUBARAK

Salams, enviaram-me este ficheiro PPS que contém algumas explicações acerca do mês do Ramadão, acerca do jejum, do dia de EID, etc. Aconselho uma vizualização a este file.

Download Aqui

02
Set 07
Dua de Fazer o Jejum:
NAWAITU SAUMA GHADIN AN ADAI FARDI RAMADHANA LI HAZIHIS
SANAH LIL LA HI TAALÁ


"Faço intenção de jejuar, agradando Allah e cumprindo a obrigação de Ramadhan deste ano"


Dua de Abrir o Jejum:
ALLAHUMMA LACA SUMTU WA BICA AMANTU WA ALEIKA TAWACCALTU
WA ALÁ RIZ QUIKA AFTARTU FATACABBAL MINNI

"Ó Allah o meu jejum é para Ti, acredito e confio em Ti,
quebrei o jejum com o Teu sustento, aceita-o "



Salams caros visitantes do blog e salams em especial para o meu grande amigo Meraj que tem vindo a actualizar diariamente o blog na minha meio-ausencia.

O facto e que nos aproximamos do mes de Ramadan e e costume na casa de todos os muculmanos colocarmos na parede ou noutro sitio similar, um calendario com o mes de Ramadan e com os horarios de Seri e Iftar, outros ( gentes atarefadas) preferem andar com um horario no bolso. Pois bem, com as tecnologias de hoje ha de tudo para todos. (so eu e que nao consigo escrever com acentos). hehe...

E e para esse tipo de coisas que a internet da ca um geitao....

www.donanur.com apresenta todos os horarios de jejum para portugal e alguns paises exteriores.

 

 Aveiro - Beja - Braga - Bragança - Castelo Branco - Coimbra - Évora - Faro
Funchal - Guarda - Leiria - Lisboa - Portalegre - Porto - Santarém
Setúbal - Viana do Castelo - Vila Real - Viseu - Maputo - Karachi

 

http://www.hj.donanur.com/

neste site, encontrarao toda a informacao complementar.

Salams, IslamNET

Ramadan Mubarak


28
Ago 07
Salams,

Sim, eu tenho estado de "férias"(talvez nao seja a palavra mais apropriada). Estou fora do país com uma internet lenta a qual não estou habituado, se fosse rápida com certeza que postava mais.
e re
Pois, o big problem de agora é o Muslim Media, o qual me é impossível de desenvolver neste momento. Deveremos continuar com o blog. Aviso que dentro de algum tempo vou por com a ajuda de Meraj um domínio .eu ou .org, o dinheiro arrecadado com o google adsense já dá para isso.

Adorei o Logotipo. Esta fantástico, era fixe um igual mas a dizer IslamNet. Depois combinamos melhor. Mas quandos quiseres mudar, muda. Porque mudar deve ser sempre bom.


Outro assunto. Acho que ontem foi Noite de Shaban em Portugal, mas só hoje é que é em Moçambique e em África do Sul.

Portanto, ficam as preces para esta noite  e não se esqueção de ir ao cimitério a noite e de rezar Salatul-Tasbih, para além dos nafils.

Clica aqui para saberes mais sobre esta noite

07
Ago 07
Allah é o nome próprio e o mais correcto do único ser Divino. Não tem nem plural nem feminino. Enquanto  que a palavra Deus tem plural e feminino. Allah é o nome semítico para Divino, assim como em qualquer língua existe um nome especifico para denominar esse Único ser que reside dentro de todos nós cuja presença sentimos.
 
Em Latim é Deus, em Inglês é God, em Persa é Khuda, em Hindi é Deva, em Grego Odeos, e assim sucessivamente, mas isto não significa que God é o Deus dos Ingleses, nem que Dieu é o Deus dos Franceses. Deus no Alcorão Sagrado ordena aos muçulmanos para dizerem aos outros:
 
‘’Cremos no que nos foi revelado, assim como no que vos foi revelado antes; nosso Deus e o vosso são Um e a Ele nos submetemos.’’ (Alcorão Sagrado 29:46)
 
A crença na unicidade e soberania de Deus liberta a pessoa de todos os medos e superstições ao tomá-la consciente da presença de Deus e das obrigações para com Ele.
A crença num Deus exige que olhemos para toda a humanidade como uma única família, independentemente da sua cor, classe, raça ou território, sendo todos nós criaturas do mesmo Deus somos todos irmãos, e a´esse facto costumamos muitas vezes dizer no IslamNET "salams, irmão x". O Islam rejeita a ideia da existência do Povo Escolhido, à base de raça, cor, classe ou território, fazendo da fé em Deus e as boas acções o único caminho para o paraíso, estabelecendo assim uma relação directa com Deus, aberta a todos sem intermediários.
 
Para ser muçulmano basta confessar com sinceridade e convicção, o Kalimah:
 
 
Lá iláha illa-lah Muhammadu Rassulullah Salalaho Aleihe Was-salam
 
 
 
Não se deve dizer ‘’converteu-se’’ a respeito da pessoa que entrou no Islam, mas sim, reverteu-se, isto é, voltou às origens (à religião universal) porque o Profeta Muhammad (que a Paz e a Bênção de deus estejam sobre ele) disse:
 
‘’Toda a criança nasce muçulmana (submissa a Deus), porém os seus pais arrastam-na para a sua religião, fora do Islam.''
 
O Alcorão Sagrado também confirma isso. Mas quem deixa o Islam e entra noutra outra religião, esse sim pode-se dizer a seu respeito que se converteu, para tal religião, porque mudou a sua origem.
 
O Alcorão Sagrado denominou de Muçulmanos os que se submeteram voluntariamente perante as ordens de Deus, por conseguinte devemos recusar sermos chamados por Maometanos ou Muhammadismo; um nome inventado pelos ocidentais para dar a entender aos menos esclarecidos que adoramos a Muhammad; ‘’Maomé’’ em semelhança a outras religiões as quais adotaram o nome de seus fundadores. Nós  adoramos sim Allah e Muhammad é o seu último mensageiro de entre os 120.000 que existiram.
 
Os muçulmanos acreditam na unidade de Deus e consideram a divindade de Jesus (que a Paz esteja sobre ele), por parte de algumas pessoas uma reversão ao Politeísmo. O Alcorão Sagrado diz que Jesus (que a Paz esteja sobre ele), não era uma encarnação de Deus, mas sim o seu Mensageiro e em semelhança a outros Profetas, um ser humano.

continua...

Salams, IslamNET

05
Ago 07
Esta notícia tem vindo a causar a revolta no mundo Islâmico. Com toda a razão...Quem é ele para vir afirmar tais coisas? Só agora é que li a notícia no myciw.org. Leiam, comentem e tirem as vossas próprias conclusões.

Salams, IslamNET

O membro do Congresso norte-americano Tom Tancredo, que procura a designação do Partido Republicano como candidato a Presidente dos Estados Unidos da América, defendeu sexta-feira o bombardeamento com efeitos dissuasores de lugares sagrados do islamismo, como Meca.





A afirmação foi considerada "um disparate" por diversos analistas americanos, conta a CNN, mas foi defendida publicamente pela equipa de campanha do candidato.

"Não há acção mais dissuasora do que essa. Mas ele [Tom Tancredo] tem a mente aberta e está disposto a abraçar outras posições. Isto é apenas um meio para prevenir que eles nos ataquem",disse Bay Buchanan, conselheiro do candidato.

Na quinta-feira, Tancredo avisou que um novo ataque terrorista em território americano "causaria um colapso económico a nível mundial".



© 2007 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.


2007-08-04 05:50:01


31
Jul 07
Salams,

Cads vez mais vemos na Europa prodotos já embalados com o certificado Halal. E isto, segundo os comerciantes e exportadores é muitas vezes essencial nas suas bases de negócio. "Cada vez mais exitem muçulmanos na Europa, cada vez mais produtos Halal são fabricados".

Pois então, leiam bem este artigo, que está em Inglês:

http://www.bdafrica.com/index.php?option=com_content&task=view&id=2210&Itemid=5822

Salams, IslamNET

01
Jul 07
Salams,
 
Uma das grandes coisas que um muçulmano deve ter em atenção é a de aquilo que ele come é halal. Pois mas o que é ser halal ou haram (isto para quem ainda não sabe)? Halal é uma palavra árabe que significa permitido, autorizado. No islão refere-se aos comportamentos, formas de vestir e de falar, alimentos que são permitidos pela religião, sendo o seu antónimo haram.

O termo é habitualmente usado nos países não islâmicos para se referir aos alimentos autorizados de acordo com a lei islâmica.

 

Portanto neste caso falamos de comida. Para que um muçulmano possa alimentar-se de carne deve certificar-se de que esta foi cortada por um muçulmano, por outro lado um muçulmano nunca pode comer carne de porco, isso é totalmente Haram. Os restaurantes portugueses têm por vezes uma sigla a dizer se a carne é halal, e nesse caso confia-se no dono do restaurante e pode alimentar-se nele. Esse símbolo é parecido com os seguintes:

 

 

 

Qualquer um desses símbolos identifica carne halal, ou alimentos halal.

 

Porém muitos outros alimento não têm qualquer certificado, nesse caso recomenda-se a leitura dos ingredientes dos produtos. Qaundo neles se observa algo do género "bacon" ou "gordura animal" significa que se se é muçulmano não deve consumir tais produtos.

 

Despois deste breve introdutório quero apresentar aqui uma notícia, um alerta, que nos chama a atenção para certos chocolates que deixam de ser halal, ou seja vão passar a conter gordura animal.

 

http://news.bbc.co.uk/1/hi/business/6653175.stm

 

discuta o assunto aqui:

http://merajnet.16.forumer.com/viewtopic.php?t=1167


Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
blogs SAPO