20
Mar 08
Salams.

Luís de Castro, o Jornalista da RTP, que chegou ante-ontem a Bagadad reiniciou o seu blog, agora sobre os 5 anos de guerra no Iraque, reportando tudo aquilo que agora se passa e tudo o que tem passado nestes anos.Veja o blog aqui.

Ele deixou este último vídeo, com a "Guerra em Directo".




Hoje, fazem então 5 anos de guerra no Iraque. Existe todo um conjunto de notícias que revelam que a guerra não conseguiu alcançar nenhum dos seus objectivos e que só se conseguiram mais de 150.000 mortes de civis. Comparem estes números com aqueles das mortes no 11 de Setembro, que, parece que se diz que foi a principal razão do ataque dos E.U.A.

Acho bom que se veja todas as notícias que saíram hoje sobre os 5 anos do Iraque:

Google News

Salams.

Pois é, esta nova moda tem passado por todos os países estrangeiros e tem dado que falar. Desta vez chega a Portugal e parece que a crítica não se vai calar, muito pelo contrário.

Deixo então aqui o link para a notícia do Burquíni do Publico.pt:

A versão “fashion” do fato de banho utilizado pelas mulheres muçulmanas chega a Portugal já na próxima época estival. O chamado “burquíni”, inspirado na burca, é constituído por duas peças e permite à mulher cobrir-se da cabeça aos pés, tal como manda o Corão.

Dorelies Woortman, proprietária da empresa holandesa responsável pela distribuição do “burquíni” na Europa - combinação das expressões portuguesas “burca” e biquíni”- , garantiu que este Verão as muçulmanas portuguesas ou a residir em Portugal vão poder estrear o novo fato de banho.

Continue a Ler

19
Mar 08
Salams.

Continuando com os Nasheeds, desta vez, o nosso irmão do blog True Life, fez um post com recitações e Qirats deste Qari Ihsanullah Farooqui Sahab.

Podem Consultar aqui:

Salams. Voltamos hoje aos Nasheeds, visto ser uma categoria que todos votam SIM.Relembro, não são permitidos downloads

Salams.

No dia 19 de Março deste ano, ou seja, hoje,  fazem 5 anos desde a intervenção e ataque dos Estados Unidos da América ao Iraque.

Há que chegar a esta altura e ver se a guerra foi necessária, se foi uma vitória contra o terrorismo, se foi um puro ataque ao islão, se foi um género de genocídio indirecto e prolongado em que centenas de milhares de civis morreram, ou se simplesmente não foi nada.

Há ainda que tentar perceber qual a melhor coisa que deve ser feita a partir de agora, se os E.U.A. devem permanecer no Iraque "combatendo" e "procurando" o tal inimigo ou se devem retirar, ou se ainda devem retirar-se mas mantendo a reconstrução de um Iraque que ainda está pobre, de um povo que ainda está fraco e abalado.

Na primeira questão que vos coloquei, a resposta varia de pessoa porque podem haver vários argumentos possíveis mas que só gostaria de falar sobre eles nos comentários se existirem. Mas realçando um ponto e nunca esquecendo-o, que a população iraquiana vive o 11 de Setembro a cada 10 dias que passam.

Na segunda questão a melhor acção a escolher, terá uma grande influência por parte do povo norte americano, nomeadamente no candidato a escolher nas próximas eleições, pois todos eles têm já uma posição bem definida e marcada. Á partida a melhor opção e a que favorecia o povo iraquiano proporcionando uma maior liberdade mas garantindo a segurança seria a última, pois os ataques entre sunitas e xiitas continuam a acontecer e é totalmente necessário impedir o seu prosseguimento. Só uma força forte pode conseguir isso como a dos E.U.A.  Se com a presença de estrangeiros a controlar a segurança contiam a haver atentados, o que será se eles não mantiverem a presença?
Por outro lado  Bush devia reconhecer a sua derrota e a falta de consciência nos actos que realizou, pois em primeiro lugar não havia nenhum elemento químico nas bombas que foi a razão da guerra, e porque em segundo lugar Bin Laden está vivo e eles não conseguiram provar a sua morte.

Hoje, Bush vai discursar e podem consultar aqui as notícias:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u383545.shtml

18
Mar 08
Salams.

Nos dias de hoje, se perguntár-mos a qualquer pessoa, qual a religião mais evoluída, a resposta será certamente o Cristianismo ou talvez o Judaísmo, mas tenho quase a certeza que ninguém diria que é o islão. Talvez a pessoa a dizer isso, seria eu.

Simplesmente, o que estou a tentar explicar é a minha posição em relação a este tema tão falado de "Islão sempre atrasado", que nunca consegui compreender o que significava. Eu estou certo que este Islão de que se fala deriva do facto das pessoas verem diariamente nos noticiarios e nos jornais notícias de ataques suicidas e de bombas que caem aqui e ali, de revoltas incompreensíveis por parte dos muçulmanos por assuntos tão naturais nos dias de hoje, por acções nunca pacíficas por parte do Islão. É certo, isto é tudo verdade, mas isto é só aquilo que dá notícia, é só aquilo que pode aumentar as audiências pois existe a grande maioria de muçulmanos não radicais que não interessam nas notícias, essa facção, essa parte, é a que segue melhor o Islão, já que o Islão sempre se adaptou aos tempos que passaram sendo sempre considerado a religião mais pura e mais pacífica. E falo dos séculos XVII a XIX, falo até dos primórdios do islão, onde aí seria considerado pelos "outros" a religião mais avançada em todos os termos que podíamos apresentar.

Uma das coisas que todos os muçulmanos que estão no islão sabem é que existiram 124.000 profetas antes de Muhammad S.A.W (que a paz esteja com ele)  e que Ele foi o último mensageiro.

Então, vocês podem pergunta-se: Mas porque é que não houve uma continuação dos profetas? Porque é que não houve só um profeta? Porque é que deixou de haver profetas?

E eu dir-vos-ia, que cada profeta teve um povo, e coube a esse profeta encaminhar esse povo segundo o estado evolucional em que se encontrava. Nessa altura, não houve Alcorão nem outro livro que guiasse os povos, simplesmente a palavra de Allah transmitida ao mensageiro que transmitia por seu turno ao seu povo, de modo a que este se adaptasse e conseguisse evoluir da melhor forma. E Allah posteriormente enviou o seu último mensageiro, mas este mensageiro trazia consigo o Alcorão, um livro que durará para sempre como a base moral do Islão e um livro que nunca poderá ser alterado, mas para que o islão não deixasse de acompanhar a evolução quer em termos sociais ou tecnológicos, Allah deixou-nos determinadas coisas como o Ijtihad, Ijma e Qeyas.(assuntos que serão abordados brevemente, podem clicar nos links para verificar do que se trata). Estas "ferramentas" permitem assim que o povo de Muhammad S.A.W. possa estar sempre a seguir a evolução que necessitar, e mesmo assim o Profeta deixou ou Califas, mas que deixaram de existir. E essas "ferramentas" têm e tiveram um interessante e grande uso no  presente e no passado.

Tomemos como exemplo a questão da escravidão, que era parte integral da sociedade quando o profeta Muhammad  S.A.W esteve na terra, mas  Allah, sabendo o que podia acontecer se  abolisse  a escravidão e sabendo o que podia acontecer se  a escravidão fosse totalmente aceite no islão, simplesmente desencorajou a escravidão no Alcorão, mas dizendo que um grande acto de um ser humano, seria libertar esses escravos, mesmo que os tivesse que os comprar.

Agora, regressando novamente a um passado mais recente, surgem as palavras tecnologia, rádio, televisão, internet. Os Mullahs que existem no islão a princípio aboliram nas suas comunidades esse tipo de coisas, mas houveram outros muçulmanos que aderiram a essas novas tecnologias de informação e comunicação percebendo as vantagens do seu uso e mesmo na propagação da religião.

A pouco e pouco, todos os muçulmanos aderiram a esses meios, sabendo que permitiriam o desenvolvimento económico das populações e uma melhor qualidade de vida. Todos, hoje, excepto em casos extremos, concordam nos benefícios que a rádio, internet e televisão trouxeram na propagação das boas recomendações no islão, calculando que os malefícios seriam sempre menores que os benefícios. O facto é que neste caso demorou a perceber, mas que se conseguiu e se consegue acompanhar agora a evolução, consegue-se.

Já mudaram de opinião? O Islão já não é "atrasado"? Gostava muito  de ouvir os vossos  comentários para debatermos ainda melhor este assunto.

Salams

Salams.

Não sei se já alguma vez estiveram num Zikr a lembrar intensamente Allah e os seus Profetas e a sentir a frescura depois disso. Eu já, e posso-vos garantir que assim o é.

Nos meus Favoritos do RSS costumo ter um blog que é Sunni e que apresenta interessante conteúdos sobre o Din e sobre o Islam. Desta vez, apresentou um ficheiro áudio com o zikr que é rezado nas sextas feiras à noite:


17
Mar 08
Salams.

Normalmente eu vejo televisão via satélite e consigo sintonizar muitos canais interessantes relacionados com a religião islâmica, na maioria estão em árabe e outros em Urdu, alguns encontram-se porém em inglês, como o IslamChannel, que pode ser visto pela internet, mas também pode-se ter por satélite, no Astra2A2B, ou algo do género, já que não percebo muito de antenas parabólicas. Nestes canais são abordados assuntos como o Deen, a melhor forma de se agir na vida seguindo a moral islâmica bem como outros programas de nasheeds e recitações do Alcorão.

Se ligarmos a televisão de manhã, por volta 06:00 h, podemos dar a ver aos nossos filhos desenhos animados em árabe didácticos, ou seja relacionados com a educação islâmica. É claro que me podem perguntar: Porque é que o meu filho deve ver isto se ele nem percebe árabe ou urdu? Podemos deste modo levá-los a uma mesquita, como por exemplo a Mesquita  Central de Lisboa, ou o Darul-Uloom de Palmela que oferece ensino religioso e ensino escolar obrigatório em Portugal em simultâneo e perguntar pelo ensino das línguas árabe ou urdu, que existe quase de certeza.

Deste modo e como complemento aos estudos, os cartoons que a seguir mostro servem de material para o aperfeiçoamento da língua árabe, que passaram na Fajr TV.





Salams.

A pedido de alguns e-mails que tenho recebido, mais de 10, garanto-vos, aqui estão os locais de Culto islâmicos em Portugal.

Existem várias mesquitas e outros locais de culto (wuzu khana) pelo país, mas como eu também não conheço todos, deixo só algumas imagens dos que melhor conheço e as moradas retiradas do site da Comunidade Islâmica. Já sabem, se não souberem onde rezar, é só inserir a morada mais próxima no GPS e já está. Este mundo das tecnologias e da internet facilita muito as coisas, não é?

MESQUITA CENTRAL DE LISBOA

Av. José Malhoa (à Praça de Espanha)
1000 Lisboa
Responsável: Sheikh David Munir
Tels.: 21 387 41 42 / 21 387 91 84
Fax: 21 387 22 30
E-mail Geral: info@comunidadeislamica.pt
Sítio Internet: www.comunidadeislamica.pt

IMAM DA MESQUITA CENTRAL
Sheikh David Munir
Tel.: 21 387 22 20
Fax: 21 387 22 30
E-mail: smunir@sapo.pt

 


 

 

COLÉGIO ISLÂMICO, ENSINO E ACTIVIDADES EDUCATIVAS
Av. Vila Amélia, lote 171, 172 Cabanas
2950-805 Palmela
Tel: 21 211 05 30
Fax: 21 211 05 39
E-mail: cipalmela@hotmail.com

 




Outros Locais de Culto em Lisboa:

MESQUITA BENFORMOSO
Rua do Benformoso, 119 – 1º/2º/3º
1100-083 Lisboa
Responsável: Mizanur Mazumbu
Tel.: 91 738 5367


MESQUITA AICHA SIDDIKA DE ODIVELAS (1983)
Rua Prof. Dr. Abreu, Lote 190
2675 Odivelas
Tel.: 21 932 74 74


 




DARUL’ULUM KADRIA-ASHRAFIA DE ODIVELAS
Rua D. Nuno Álvares Pereira, 14 – B
2675 Odivelas
Tel. e Fax: 21 813 32 82


 



LUGAR DE CULTO ISLÂMICO DE PORTELA
C.C. Portela, Loja 26 – R/C
2685 Portela – Sacavém
Tel.: 21 943 55 70


LUGAR DE CULTO ISLÂMICO DA PÓVOA STº ADRIÃO
Rua Alves Redol, 12
Póvoa de Stº Adrião
Tel.: 21 937 84 75


LUGAR DE CULTO ISLÂMICO DE FORTE DA CASA
Rua dos Combatentes, 26
2675 Forte da Casa
Tel.: 21 956 28 07


LUGAR DE CULTO ISLÂMICO DA COLINA DO SOL
Rua Josefa de Óbidos, Lote 57 – Loja E
Colina do Sol – Pontinha
Tel.: 21 499 51 49
Fax: 21 490 19 35


LUGAR DE CULTO DE FETAIS
Rua Beira nº 5 – 1º E – Camarate
2685 Sacavém
Tel. 21 947 09 50


LUGAR DE CULTO ISLÂMICO DE STº ANTÓNIO DOS CAVALEIROS
Edifício 7 – A, 1º Dtº
2670 Santo António dos Cavaleiros
Tel.: 21 988 80 70


MESQUITA HAJRAK HAMZA R.A.
Urbanização dos Terraços da Ponte, lote 52 -2
Ex-Quinta do Mocho
2685-119 Sacavém
Responsável: Khetta
Tel.: 96 712 14 77


 

Comunidade Islâmica do Sul do Tejo

MESQUITA DO LARANJEIRO
Rua D. Duarte, 12 – A
Laranjeiro
Tel. e Fax: 21 253 71 39


MADRESSA AHLE SUNNY JAMAT
Largo Mouzinho da Silveira, 10 – Cave
2810 Laranjeiro

MESQUITA DO BARREIRO

Av. do Bocaje, Bloco 2 – c/v Esqª
2830 Barreiro
Responsável: Aboobaker Ahmed
Tel.: 21 215 96 25


CENTRO PORTUGUÊS ÁRABE PULLAR E C. ISLÂMICA
Rua José Estêvão, 3-A – r/c
Reboleira
2720 Amadora
Responsável: Prof. Bubacar Balde
Tel.: 21 496 47 12


SALA DE CULTO DO CACÉM
Rua dos Unidos do Cacém, 5 (junto Mini-Preço)
2735 Cacém


SALA DE CULTO DA BURACA
Rua Principal, 46
Responsável: Sheikh Alhajji Umaro Djan
Tel.: 96 634 90 52


LUGAR DE CULTO LSLÂMICO DE CARNAXIDE
Estrada da Outurela, Lote H
2795 Carnaxide


DARUL'ULUM AL LSLAMIYAT DE PALMELA
Av. Vila Amélia, 172
Cabanas - 2950 Palmela
Tel. e Fax: 21 210 29 80


LUGAR DE CULTO ISLÂMICO DE VIALONGA
Torre 2 – Sítio Olival de Fora
Vialonga
2600 Vila Franca de Xira


 

CENTRO

MESQUITA DE COIMBRA
Rua Bernardo Santareno, Lote 201 – Cave
Quinta da Stª Apolónia
3000 Coimbra
Tel.: 239 49 26 83
Fax: 239 49 13 45


SALA DE CULTO DE LEIRIA
Urbanização das Pimenteiras, Loja 320, lote 1
Madeiras
2415-767 Leiria
Responsável: Mohamed Derhami
Tel.: 244 881 107 / 96 450 4900


 


 

NORTE

LUGAR DE CULTO ISLÂMICO DO PORTO
Ginásio dos Campeões
Rua do Heroísmo, 223
4000 Porto
Responsável: Abdellah


SALA DE CULTO PORTO (LUGAR DA BATALHA)
Tv. do Loureiro, 19
4000 Porto
Responsável: Hazari Mamun
Tel.: 93 690 53 04


MESQUITA SANGUEDO
Rua da Castanheira, 79
4505 Sanguedo
Responsável: Samir Souid


SALA DE CULTO A VER O MAR
Av. Srª das Neves, 255 – Loja 2
4490-011 A Ver o Mar
Responsável: Ahmed
Tel.: 91 216 08 45


 

ALENTEJO

LUGAR DE CULTO ISLÂMICO DE ÉVORA
Évoralimentar – Zona Industrial, Talhão 27
7000 Évora
Tel.: 266 259 000


 

SUL

MESQUITA DE ALBUFEIRA
(junto Pingo Doce-Mc Donalds)
8200 Albufeira
Responsáveis:
Sheikh Ahmad – Tel.: 96 330 68 73
Bhai Balde – Tel.: 96 624 04 69
Bhai Assif Rehman – Tel.: 96 607 36 98


MESQUITA DE ARMAÇÃO DE PÊRA
Rua João II, r/c, Loja 1 (junto Pastelaria 2 Irmãos)
Edifício Chave de Ouro
8365-130 Armação de Pera
Responsáveis:
Bhai Abdulai - Tel: 96 914 56 10
Bhai Ibrahim Mala – Tel.: 96 311 46 71
Bhai Abdul Rahman – Tel.: 93 825 30 65
Bhai Suleman – Tel.: 93 418 66 17


LUGAR DE CULTO ISLÂMICO DE FARO
Rua José de Matos, lote 1 – Loja B (junto Restaurante "Os Faraós")
Urbanização Bom João
8000 Faro
Responsáveis:
Bhai Mustafa Drame – Tel.: 96 788 81 26
Bhai Abdul Rachid – Tel.: 96 471 02 94
Bhai Muhammad – Tel.: 96 844 50 27
Bhai Gibrail – Tel.: 96 346 31 37
Bhai Ibrahim Hassani – Tel.: 96 585 20 27
Bhai Mukar – Tel.: 96 437 93 35
Bhai Ibrahima – Tel.: 96 829 76 45


MESQUITA DE PORTIMÃO
Rua 16 de Maio, lote 51-A, 1º Dtº (junto Café Brasil)
8500 Portimão
Responsáveis:
Bhai Abdoulay Dialto – Tel.: 96 879 18 02
Imam Sheikh Muhammad Uri – Tel.: 96 448 13 75
Imam Muhammad Mala – Tel.: 96 288 20 98
Bhai Abdul Rahman – Tel.: 96 413 53 23
Bhai Ibrahim Balde – Tel.: 96 836 06 26
Bhai Abdul Nasser – Tel.: 96 182 82 43


SALA DE CULTO DA QUARTEIRA
Av. de Ceuta, nº 1 – Loja 2 (junto Bomba BP)
Edº Sol
8125 Quarteira
Responsáveis:
Bhai Abdul Aziz – Tel.: 91 456 57 42
Bhai Habibo – Tel.: 96 502 43 21
Bhai Bari – Tel.: 91 423 88 52


 

MADEIRA

MESQUITA DO FUNCHAL
Caminho da Achada
Edº Adalia, 4º Esq
9000Funchal
Responsáveis
Abubacar Bari – Tel.: 96 475 68 16
A Karim – Tel.: 96 529 83 71
Futura Morada:
Cave do Bloco 15
Conjunto Habitacional de Santo Amaro, II
Freguesia de S. Martinho


 

Fonte


Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
blogs SAPO