27
Jun 07
125.   Sabei que sou, para vós, um fidedigno mensageiro.    
126.   Temei, pois, a Deus, e obedecei-me!         
  127.   Não vos exijo, por isso, recompensa alguma, porque a minha recompensa virá do Senhor do Universo.        
  128.   Erguestes um marco em cada colina para que vos divertísseis?         
  129.   E construístes inexpugnáveis fortalezas como que para eternizar-vos?        
  130.   E quando vos esforçais, o fazeis despoticamente?         
  131.   Temei, pois, a Deus, e obedecei-me!         
  132.   E temei a Quem vos cumulou com tudo o que sabeis.         
  133.   E que vos cumulou de gado e filhos,         
  134.   De jardins e manaciais.         
  135.   Em verdade, temo por vós o castigo do dia aziago.
Alcorão-26 - OS POETAS

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

18
20
22

28
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
blogs SAPO