18
Mai 08

Como todos nós sabemos, o número de mortos na antiga Birmânia, continua a aumentar, e nós, países exteriores, pouco ou nada podemos fazer, já que as autoridades de Myanmar, não deixam que entrar no seu país ajuda humanitária. Por enquanto, podemos apenas continuar a reunir fundos, até que as portas desse país se abram à ajuda externa, que é o que todos n´so desejamos que aconteça o mais cedo possível. Inshallah.

 

O Correio da Manhã, escreve:

 

"As vítimas mortais do ciclone Nargis, que assolou o Myanmar há duas semanas, rondam agora as 77.738, sendo 55.917 os desaparecidos e 19.359 os feridos. É este o novo balanço provisório do governo birmanês, anunciado, na sexta-feira, pela televisão estatal do país, balanço que se aproxima das previsões internacionais de 100 mil mortos.

Nos últimos dias, as Nações Unidas e vários diplomatas ocidentais referem a existência de mais de 100 mil mortos. O secretário de Estado britânico, Douglas Alexander chegou mesmo a falar de 200 mil, com base em dados recolhidos no terreno por organizações não-governamentais.

 

A Junta Militar permitiu que um grupo de diplomatas se desloque amanhã a algumas das zonas afectadas. Este grupo irá apelar, mais uma vez, para que seja permitida a entrada de pessoal humanitário, banido pelo país, que diz não querer 'intromissões' nos seus assuntos internos."

 

Assim sendo, torna-se pertinente a reunião de todos os fundos possíveis e de toda a ajuda voluntária no terreno.

Eu recebi um e-mail da MuslimAid, que pede ajuda para esta causa!

 

 

Salams. Islamnet


Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
16
17

19
20
22
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Free chat widget @ ShoutMix
pesquisar
 
blogs SAPO