14
Mai 08
Hazrat Ibn Abbaas (RA) conta  que Rasulullah (Sallaho Alaihe Wassallam) disse olhando para Mackhah:

"Mas que fantástica cidade Tu és e como eu Tem amo. Que a minha gente não me force a sair de ti, Eu nunca conseguiria fixar-me em qualquer outra cidade excepto em Ti".

(Tirmidhi)

Como resultado deste e doutros Hadiths, a maioria dos Ulamas acreditam que Mackah é a mais virtuosa de todas as cidades, e estar lá permanentemente ou até temporariamente é mais virtuoso ainda. Quem não gostaria de viver lá, sabendo que um Salaat é recompensado 100 vezes mais? Apesar de tudo isto muitos dos Santos muçulmanos não defenderam residência em Makkah (mais do que o necessário).

Hazrat Mullah Ali Qari (RA) escreveu que de acordo com Hazrat Imaam Muhammad (RA) e Hazrat Imaam Abu Yousuf (RA) é Mustahab (recomendado) aceitar residência permanente em Mackah. Este também é o fatwa dos Hanafis, e coincide com os decretos de alguns imams Shaafie e Hambali. Contudo Hazrat Imaam Abu Hanifa (RA) e Hazrat Imaam Maalik (RA) consideram a residência em Mackah Makroobh (não recomendável). Esta perspectiva é apoiada por aqueles que tinham uma atitude calma  e grande sabedoria, temendo que vivendo em Mackah podia tornar-se cansativo, perdendo-se a dignidade e honra de Mackah e da peregrinação. Isto levaria à indiferença que conduziria ao pecado. Tal como as boas acções são tornadas fantásticas em termos de sawab, o mesmo acontece com as más acções.

Para aqueles que são sinceros, que evitam pecar, não existe melhor sítio na terra para se viver que Mackah. Infelizmente esses existem em pouco número nos dias de hoje. São tão poucos como os Reis entre os homens. Muitos são aqueles que reivindicam estar aptos para a dignidade e honra que Mackah requere. É muito fácil falar mas é difícial cumprir.

Mullah Ali Qari diz que ‘Hazrat Imaam Abu Hanifa (RA) não gostava da residência permanente em Mackah, tendo em consideração a condição religiosa da população naquele tempo. Logo, se ele estivesse vivo hoje, teria considerado viver em Mackah totalmente Haram.  Este Mulla Ali Qari é um dos grandes Ulamas do Islão e faleceu no ano 1014 de Hégira. Ele escreveu aquilo acima sobre o seu tempo e nós agora estamos já no 15º século depois de Hégira. Vejamos como as condições se detrioraram não precisando sequer de um comentário. Está à vista de todos, não podemos negar. Mas então...que diria ele hoje?

Hazrat Imaam Ghazali (RA) explica que existem três razões pelas quais alguns Ulamas chamam Makroobh viver permanentemente em Mackah:

1. Eles teme que o excesso de contacto e familiaridade, esse grande desejo,  entusiasmo e zelo por Kabah vais descer ( e a familiariade pode passar a desprezo).

2. Eles temem que a triste altura de se despedir do Kabah e o zelo por um retorno desaparecerá. Por isso alguns "mais superiores" dizem que é muito melhor ansiar um retorno a Mackah estando noutra cidade, até a mais longínqua do mundo, do que viver em Mackah.

3. Eles temem que pecados sejam cometidos,  o que é um grande pecado chamar pela fúria de Allah Subahanah wa Taala. É um facto que Mackha é uma cidade abençoada. Toda a pedra e toda a areia é abençoada.
 
Nós já mencionámos esses espaços de bençãoes especiais. Agora, existem alguns mais ainda que devem ter a nossa atenção:
 
1. Primeiramente existe um espaço que costumava ser a casa de Hazrat Khadija (RA); e onde Hazrat Fatima Zahraa (RA) nasceu; e onde todos os filhos do nosso Rassul (Sallalaho Aleihe wa Salam) nasceram excepto Hazrat Ibrahim A.S. Os Ulamas são da opinião de que depois da Sagrada Mesquita, este espaço é o mais virtuoso em Mackah.
 
2. Depois vem o lugar conhecido como Mowlidun Nabi, onde o nosso Rassul (Salallaho Aleihe wa Salam) nasceu.
 
3. As casas de Hazrat Abu Bakr (RA) conhecidas como Darul hijrat de onde a viajem até Madinah teve lugar. Antes de Hijrat, O nosso Rassul (Sallalaho Aleihe wa Salam) costumava cá vir quase todos os dias. Haviam duas pedras aí, uma chamada "Mutakallim", que fazia Salaam ao profeta e outra chamada "Muttaka", que era onde o nosso Profeta costumava-se sentar.
 
4. O Mowlid Ali. Onde Hazrat Ali (RA) nasceu.
 
5. Dar-e-Arqam, também conhecido como Dar-e-Kharasaan, a casa onde o Hazrat Umar (RA), aceitou o Islão. Foi aqui que o seguinte verso do Alcorão foi revelado: "Ó Muhammad, Allah é suficiente para Ti; e para aqueles que seguem-te entre os que acreditam na mensagem". Esta é a casa onde Rassululah (Salalaho aleihe wa Salam) costumava aconselhar-se a si mesmo nos primeiros dias do Islam.
 
6. A caverna de thowr, onde Rasululah (salalahu Alihe Wasalam) e Hazrat Abu Bakr (RA) ficaram durante a viagem para Madinah. Esta foi a caverna onde o verso chamando a Hazrat Abu Bakr (RA) o "segundo de dois" companheiros.
 
7. Caverna de Hira no Monte de Noor(Jabal an Noor) onde antes o Profeta desceu aí. Ele costumava passar lá dias e dias em completa solidão até que o primeiro verso do Alcorão foi revelado. Ele ficou então Profeta.
 
8. Masjidur Raya, perto de Mackah, onde Rassululah (Sallahu Aleihe WaSalam), costumava rezar.
 
9. Masjidul Jinn, o espaço onde os Jinns costumavam ouvir uma leitura pelo nosso Rassul. uma vez, Ele levou Hazrat Abdullah bin Mas'ood (RA) consigo para ir ter com eles. Deixou-o longe  deles e o Profeta (salalaho aleihe wa salam) explicou aos Jinns como deviam proceder neste caso. Então, Hazrat Abdullah leu o Quran para eles.
 
10. Masjidul shajarah, o que é o oposto de Maskid Jinn, sendo a mesquita onde ali cresceu uma árvore. Rassululah (Salalaho Aleihe WaSalam) chamou uma vez para que que a árvore viesse ter consigo pelo solo, e ela veio, então, ele mandou-a de volta para o mesmo lugar.
 
11. Masjid Ghanam, também conhecida como Masjud Ijaabah, onde depois de conquistar Mackah, Rassululah (Salalaho Aleihe wasalam) proferiu o juramento de submissão.
 
12. Masjid-e-Ajyaad
 
13. Masjid do Monte Abu Qubays. Esta mesquita pode ser vista desde a mesquita de Mackah. A história de comer caldo de carne de cabra neste lugar está incorrecta.
 
14. Masjid-e-Tuwaa, que é onde o profeta ficava e descansava depois de vir do Hajj ou Umrah.
 
15. Masjid-e-Aisha, onde as pessoas põem o Hiram, para se proceder ao Umrah em Mackah.
 
16. Masjid Aqba
 
17. Masjid Ju'raana, o lugar onde Rassululah (Salalahu Aleihe WaSalam) pôs o seu Hiram, para o Umrah depois de ter vindo de Ta'if, conquistando Mackah.
 
18. Masjid Kabsh. É o sítio onde Hazrat Ibrahim tentou sacrificar o seu único filho Hazrat Ismail.
 
19. Masjid Khaif, a famoso mesquita de Mina.
 
20. A carverna de MurSalaar, onde o surah Al-Mursalaat foi revelado ao nosso Rassul (Salallaho Aleihe Wa Salam). Não é longe de Masjiul Khaif.
 
21. Jannatul Mu'Iaa. As virtudes deste espaço são explicados em vários hadices
 
Para além destes existem muitos outros sítios de bençãos e grande sentido espiritual. E qual é o espaço em Mackah que não é abençoado pelos pés do nosso Profeta Muhammad (Salalaho Alihe Wasalam)?
 
[comentário de  Hadhrat Shaikhul Hadith Zakariyya de 'Fazail-e-Hajj']
 
Adaptado:
http://truelife200vi.wordpress.com/2008/05/01/permanent-residence-in-makkah-mukarramah/
 

 

 

 

 


Só um ajuste, para ficar perfeito:

«Eu nunca conseguiria fixar-ME em qualquer...»
duarte a 10 de Junho de 2008 às 11:23

Salams

Obrigado Duarte!
mymuslim a 10 de Junho de 2008 às 15:49

salaam eu sou muçulmano e vivo no brasil noestado do maranhao meu e-mail mmdroxo@hotmail.com e sociedade_islamica_maranhense@hotmail.com

entrem emcontato gostaria de entrar em contato com irmaos de portugual

Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
16
17

19
20
22
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Free chat widget @ ShoutMix
pesquisar
 
blogs SAPO