11
Nov 07
É, pela primera vez, que um soberano saudita se reune com o Chefe da Igreja Católica.

O rei da Arabia Saudita foi recebido (6/11/07) no Vaticano pelo papa Benedicto XVI, nuna reunião histórica durante a qual se pronunciaram a favor de una "solução justa" dos conflitos no Médio Oriente. É, pela primeira vez, que um soberano saudita se reune com o chefe da Igreja católica.


Durante o encontro, que durou meia hora, os dois "trocaram ideias sobre o Médio Oriente e sobre a necessidade de encontrar uma solução justa em relação aos conflitos que afectan a região, em particular o conflito israelo-palestiniano", indicou num comunicado o Vaticano.

O papa e o monarca saudíta "renovaram o seu compromisso a favor do diálogo intercultural e interreligioso cujo objectivo é a convivência frutuosa e pacífica entre os homens e os povos", sustem a nota da Santa Sé.

Os dois reconheceram "a importância da cooperação entre os Cristãos, Muçulmanos e Judeus para la promoção de paz, da justiça e dos valores espirituais e morais", precisou o comunicado.

No fim do encontro, o rei Abdallah bin Abdelaziz ofereceu ao papa uma espada em ouro com pedras incrustadas e uma pequena escultura em ouro e prata de um camelo e uma palmeira.

Por sua parte, o pontífice ofereceu uma gravura do século XVI do Vaticano bem como as tradicionais medalhas do pontificado.

Depois do encontro com o papa, o monarca saudita foi recebido pelo número dois do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone, Secretário de Estado da Santa Sé.

O rei de Arabia Saudita reuniu-se depois com o chefe de governo italiano Romano Prodi e vários dirigentes da União Europeia envolvidos na busca de uma solução pacífica para o conflito no Médio Oriente.

A audiência concedida pelo papa ao monarca saudita, guardião das Duas Mesquitas Sagradas, foi considerada como histórica, já que a Santa Sé e a Arábia Saudita, país cuja população é oficialmente muçulmana, não mantêm relações diplomáticas.

fonte: http://myciw.org/modules.php?name=Forums&file=viewtopic&p=7596#7596

site: http://myciw.org/

fonte principal:
elheraldo.hn

Esta é uma outra notícia sobre este mesmo tema.

Rei da Arábia Saudita chega ao Vaticano para visita histórica

O rei da Arábia Saudita chegou hoje ao Vaticano, para uma uma reunião histórica com o Papa Bento XVI, já que se trata da primeira vez que um soberano saudita se encontra com o chefe da Igreja católica.

O rei Abdullah bin Abdelaziz, que dirige com mão-de-ferro o reino wahabita, será recebido no Vaticano numa audiência particular por Bento XVI, a quem explicará o plano de paz árabe para o Médio Oriente.

Depois da reunião com o Papa, o monarca saudita encontra-se com o chefe de Governo italiano, Romano Prodi, e com dirigentes da União Europeia envolvidos na busca de uma solução pacífica para o conflito no Médio Oriente.

A audiência concedida pelo Papa ao monarca saudita é definida como histórica, já que a Santa Sé e a Arábia Saudita, país cuja população é de maioria muçulmana, não mantêm relações diplomáticas.

O monarca de 84 anos foi recebido no Vaticano por João Paulo II, em 1999, mas a título de príncipe herdeiro do seu meio-irmão, o rei Fahd, que jamais se reuniu com um pontífice.

A situação no Médio Oriente, a defesa dos valores religiosos e morais na região, o diálogo inter-religioso e intercultural devem integrar os temas abordados pelos dois dirigentes.

As relações entre o Vaticano e o mundo muçulmano não estão numa boa fase devido à crise suscitada em Setembro de 2006 pelo discurso de Bento XVI na Alemanha sobre o Islão e a violência.

fonte:

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=10&id_news=303120

Notícia relativa a 6 de Novembro




CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
15
16

20
21
22
23

26
27
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
blogs SAPO